sábado, 21 de novembro de 2009

Lindas manhãs de sol



A luz virá na chuva,
Posso sentir!
Depois teremos lindas manhãs de sol.
O escuro será luz,
A treva sumirá,
O coração se acalmará,
Teremos lindas manhãs de sol.
Se o falar de agora é pedra,
Amanhã serão carinhos.
No lugar das abelhas
Estarão passarinhos!
E teremos lindas manhãs de sol!

Entornavam sangue?
Vinho!
Flor do campo?
Sem espinho!
E ninguém com o céu na cabeça
Haverá de ficar sozinho!

A luz virá na chuva...
Posso sentir!
...

Depois teremos lindas manhãs de sol.

(Parte do livro a ser lançado brevemente 'Visões comuns de um porco esquartejado')

0 comentários:

Postar um comentário

Este blog surgiu após inúmeras recomendações, broncas, cascudos e beliscões de conhecidos. Aqui está, enfim, um espaço próprio para o escritor Allan Pitz publicar suas "Patavinices", seus textos, seus livros, e tudo o mais que o tempo for lhe guiando e desenvolvendo.

Obrigado pelo incentivo de todos.