quinta-feira, 1 de julho de 2010

Iris-cicatriz



Eu a vejo...
No corpo da meretriz
Na banca de jornal
Num poster de Honolulu
Numa montanha do Nepal
Eu a vejo...
E vejo nas capas dos discos
Vejo nos filmes antigos
Vejo em revistas e artigos
Em toda parte
Eu a vejo.
E mesmo quando fecho os olhos
Em noites tantas mal dormidas
Tentando apagar as retinas
Ainda assim
Eu a vejo...

Vejo, pois está em mim;
Vejo
A Iris-cicatriz,
Que a faz:
Refletir em tudo.

0 comentários:

Postar um comentário

Este blog surgiu após inúmeras recomendações, broncas, cascudos e beliscões de conhecidos. Aqui está, enfim, um espaço próprio para o escritor Allan Pitz publicar suas "Patavinices", seus textos, seus livros, e tudo o mais que o tempo for lhe guiando e desenvolvendo.

Obrigado pelo incentivo de todos.