sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Convidado Paquidérmico: Horário do Pensar Gratuito


Hoje começa uma nova série no Paquidermes Culturais, o Convidado Paquidérmico! Sempre teremos um convidado especial passeando por aqui para postar uma novidade. Tudo nessa postagem é escolhido pelo convidado, em tema livre. O primeiro é o Grande blogueiro escritor Danilo Barbosa (Literatura de Cabeça) e (Cultura e Crônica). Danilo chamou a minha atenção pelo carinho com que trata os livros em seu blog, e por deixar fluir em seu outro blog ótimos textos e pensamentos derivados de suas leituras, e visões cotidianas. Vamos lá:


Horário do Pensar Gratuito


Houve um tempo, em um passado não muito distante, em que nos achávamos felizes.
Vivíamos situações reais e sabíamos o que acontecia na casa ao lado.
Sabíamos compartilhar. O nome do povo brasileiro era esperança....
Pode parar! Larguemos esta utopia!
Somos todos seres imbecilizados(?). Diante de programas fúteis, que nos massacram com informações completamente estapafúrdias, achamos que somos donos de tudo. Que decidimos tudo. Oh Ilusão!!!! Prendemos pessoas em jaulas de luxo por dinheiro e adoramos quando provas duras de resistência destróem o psicológico e criam farpas onde não haveriam?! Ou melhor, vemos um desfile de caricaturas querendo exercer o direito de dirigir uma nação! Será que deixamos de ser humanos?
Pois é, o pior é que a culpa é nossa! Nos tornamos burros. Burros por achar que podemos decidir alguma coisa diante destas novelas com pessoas reais e imagens editadas. Quando a cada drama do horário nobre a gente segue a moda na maneira de falar, vestir e agir. As coisas são feitas para nós escolhermos, opinarmos, e não precisar confiar cegamente. Perdemos a capacidade de raciocinar? Tanto na cultura, na política e na religião, estamos cheios de tartarugas penduradas em postes: A gente nunca sabe porque ela chegou lá e nem como. A melhor solução é tira-la de lá e garantir que ela nunca faça de novo este ato impensado.

Por isso, meus amigos, não se irritem se nas votações, não sair o resultado esperado: A cada um que damos poder é reflexo nosso. Desde dar o governo a um populista dos anos 50 ou dar do nosso bolso uma montanha de dinheiro a um 'brutamontes'. Afinal, o ser humano adora ser a vítima de cada história. Mas nunca se esqueçam ao olhar para trás e refletir sobre o que passamos, que a história sempre é contada pelo ponto de vista dos vencedores. E pelo visto, não estaremos lá para narrar nossos episódios...

(Texto do autor Danilo Barbosa)


http://culturaecronica.blogspot.com

http://literaturadecabeca.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Nossa ... ele escreve bem, esse texto é daqueles que quebra as pernas, tudo que é real demais perturba.

    ResponderExcluir

Este blog surgiu após inúmeras recomendações, broncas, cascudos e beliscões de conhecidos. Aqui está, enfim, um espaço próprio para o escritor Allan Pitz publicar suas "Patavinices", seus textos, seus livros, e tudo o mais que o tempo for lhe guiando e desenvolvendo.

Obrigado pelo incentivo de todos.