terça-feira, 31 de agosto de 2010

Pós Neon


E se o sol tocar
Sua vida
De uma forma
Tão mágica
Que suavize outra luz?


E se as ilusões
Fossem
Portas mestras
De segredos guardados
Em noites
Pós Neon?

Diga!
Explique!
Revele sobre a velha rosa
A velha rosa...
Aquela que nem as traças esperam
Nem se fartam de tal aroma...
Insuportável.
Menosprezam.

E se o sol tocar
Sua vida
De uma forma
Tão mágica
Que suavize outra luz?

Usaremos óculos espaciais
Contra o vício radioativo.

E veremos a mesma luz
Aquela de Noites pós neon
Que elimina qualquer praga
Em estado de canibalismo
Ativo.


(Parte do livro de poemas inédito Por Culpa do Sol)


Participe da Promoção 300 PAQUIDERMES para ganhar todos os meus livros publicados!!

2 comentários:

  1. Oi Mari!!

    Muito obrigado por comentar.

    Esse poema já pertence a um novo trabalho, bem recente. O mais legal é que volta e meia eu escrevo um novo livro de poemas (como se fosse o gênero mais simples de se publicar). Pois é...

    Beijão.

    ResponderExcluir

Este blog surgiu após inúmeras recomendações, broncas, cascudos e beliscões de conhecidos. Aqui está, enfim, um espaço próprio para o escritor Allan Pitz publicar suas "Patavinices", seus textos, seus livros, e tudo o mais que o tempo for lhe guiando e desenvolvendo.

Obrigado pelo incentivo de todos.