segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Paquidermes no Teatro: Cousa de Mulher

Recomendação Paquidermes (imperdível)!






Sobre o Espetáculo

Uma análise sobre a mulher contemporânea e suas tantas vertentes.
O texto é assinado pelo humorista Anderson Oliveira (autor do sucesso Até que a Sogra nos Separe), baseado no romance “O Nome da Cousa” da escritora paulistana Fal Azevedo, o espetáculo investe numa linguagem dinâmica e divertida para retratar as experiências descritas no texto de “Fal”.

A narrativa caminha sobre os mundos distintos de três mulheres que se conhecem desde a adolescência. Paola é uma solteira convicta que tem como conceito principal não seguir nenhum conceito, Ana uma conservadora casada que vê sua vida se transformar com o fracasso de seu casamento e Lia uma alpinista social perdida entre seus objetivos de carreira e a falta de um relacionamento sincero. Será que no desenrolar dessa história essas mulheres conseguirão aprender com suas próprias experiências, como viver, amar e ser feliz?

‘’Uma trama com ações simultâneas em tempos diferentes”, diz Anderson Oliveira.

A partir do encontro de Ana, Paola e Lia, o passado próximo e os acontecimentos marcantes vão sendo reconstituídos, revelando o cotidiano insatisfatório de cada mundo particular dessas mulheres. Os pontos de vista vão servindo de ponto da partida para as reviravoltas de cada uma. O que aconteceria se Ana e seu casamento certinho vivesse sem limites como Paola ou compreendesse a habilidade de Lia em tornar favoráveis a ela quase todas as situações?

A trama conta também com um ator que se divide em vários personagens masculinos diferentes que transitam pelo universo de Ana, Paola e Lia, uma sátira ao dito popular ‘’Homens são todos iguais’’.

Deliciosamente recheado com o que há de melhor no universo da escritora Fal Azevedo, o espetáculo fala de dor, da forma mais divertida. Um prêmio ao universo literário brasileiro, Fal Azevedo transforma o que há de mais trivial em rara transcendência filosófica – ou vice e versa?!

Sobre as mulheres e suas “cousas”, suas pequenas aflições, grandes contradições, os sustos, o que se escuta no escuro, as amigas de bar, o que fragmenta suas almas e principalmente o que aconchega seus corações.



Terças e Quartas às 21h (Fevereiro e Março) no Teatro Ipanema.

Ficha Técnica:

Elenco: Fernanda Zau, Barbara Fornarolli, Malu Rossi e Victor Rosalen.
Produção: Fernanda Zau e Barbara Fornarolli
Texto e Direção: Anderson Oliveira
Supervisão de Produção: ArteNoTom
Programação Visual: Felipe Nogueira


http://cousademulher.com.br

4 comentários:

  1. Felipe @impurificavel14 de fevereiro de 2011 11:20

    Amigo, obrigado pelo post!!! Falta só você na platéia!!! Abraço

    ResponderExcluir
  2. Em breve estarei lá, Felipão!! Só ouço coisas boas!
    Abraço.

    ResponderExcluir

Este blog surgiu após inúmeras recomendações, broncas, cascudos e beliscões de conhecidos. Aqui está, enfim, um espaço próprio para o escritor Allan Pitz publicar suas "Patavinices", seus textos, seus livros, e tudo o mais que o tempo for lhe guiando e desenvolvendo.

Obrigado pelo incentivo de todos.